Aqui pode consultar os detalhes técnicos sobre a Pectel T2 e restantes componentes que a Race Ready tem para venda. Se tiver alguma questão adicional, contactar através do email coordenador@raceready.pt

As novas ECU têm a possibilidade de se conectar com as antigas looms (instalações elétricas) através de um conector, não existindo a necessidade de comprar looms adicionais. No entanto, para as equipas que queiram, poderão ser também fornecidos novos looms, pois os antigos também começam a ser raros.

Existe uma terceira hipótese, ainda mais económica: as equipas podem cortar os cabos atuais e refazerem o final dos looms com a nova conexão Plug & Pin (ver imagem na tabela de preços).

Avisamos que esta terceira solução é complicada e não recomendamos para equipas sem grande experiência com a parte elétrica.

 

Após o teste, podemos ver pelo gráfico a comparação entre uma Pectel antiga em termos de curva de potência e leituras da sonda lambda do banco de motor. Trabalhámos de forma para que as curvas de potência fossem idênticas, senda que a diferença entre a antiga e a nova é de apenas um (1) cavalo.

 

A grande diferença entre as ECU, encontra-se na leitura da sonda lambda. As vantagens são maiores para a nova ECU, que vai permitir uma maior fiabilidade dos motores. Segundo as informações que dispomos, os valores de 0,93 são considerados preocupantes por quem entende mais sobre mapas de ECU.

Dito isto, consideramos que as novas ECU serão um passo em frente na Single Seater Series em termos de fiabilidade, maior controlo técnico pelas equipas, pela organização e sobretudo a noção de que não existirão “peças em extinção”, permitindo que estes carros continuem a correr durante muitos e bons anos.

Informação técnica completa - DOWNLOAD